ISA - A NOVA POETISA!

À querida maninha Isa

by Grace Spiller

 

* Imagem: acervo pessoal (2016)

 

Poema dedicado à maninha Isa, em 19/04/2006,

o que acabou gerando uma Ciranda Poética,

pois outros membros da família resolveram participar

da gostosa e emocionante "brincadeira".

 

Para ir diretamente à página e ver a Ciranda completa,

com as devidas explicações ao pé da página,

clique aqui: "Carruagem do Tempo".

 

 

 

Ah, Isa, Isamaninha,

Escondendo-se nas entrelinhas,

Falando a quem queira saber

Que não sabe escrever...

 

"Aniversários, Páscoa ou Natal:

Nenhuma mensagem, nenhum cartão sai...

Ou então, fica tudo igual!"

 

Mas, eis que de repente,

Na cadência da emoção,

O verbo se desprende

Contradizendo a razão!

 

E o olhar generoso,

Pelo coração direcionado,

Faz o elo carinhoso

Ficar mais adocicado!

 

A distância física e a razão,

Num momento, preteridas,

Dão espaço ao coração

E às palavras queridas,

Que num repente sobejam

Na mana Isa, nossa nova poetisa!

 

 

 

RESPEITE OS DIREITOS AUTORAIS

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!