MÃE...

À Hilda, 

minha querida mãezinha

by Grace Spiller

 

* Imagem: acervo pessoal

 

Na estrada-futuro 

rumo inseguro

o caminho incerto

é preciso trilhar...

 

Chuva e sol

espinhos no chão

ondas gigantes

conhecidas ou não...

 

Mas a Vida concede

e os braços se abrem

recebem e acolhem

frágeis crianças

pequenas ou não...

 

E feito rosa se abrindo

o coração se expande

aconchega e protege

o menino ou o homem

o filho-botão...

 

 

Mãezinha, minha eterna gratidão,

pela vida que me deste e por tudo que por mim fizeste! 

 

Beijos mil em seu coração :)

 

Editado no site:

Mi Mundo Virtual

 

 

 

RESPEITE OS DIREITOS AUTORAIS

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!