Memórias de uma filha

                             by Grace Spiller
 
 
 
 
 
 

À minha querida mãezinha: MARIA ODILA TROMBINI SOBRINHO

(In Memoriam – 1930-2013)

Por Claudete Tonesera

 

Quem foi Maria Odila?

Maria Odila, quem seria?!

Menina mansa e humilde, na religião se recolhia

E na fé Cristã inabalável, sem saber, sua alma esculpia!

Na lida rude da lavoura, Odila-menina ajudava a família.

E, no trabalho: mente, corpo e coração,

Preparavam a menina para o futuro

Que chegaria sem aviso, qual um furacão!

Recém-casada, viu seus sonhos partirem...

Um a um foram todos embora,

Deixando-a com um marido doente:

Dura realidade, sem dia nem hora!

E, em meio ao vendaval de preocupações,

Deu à luz oito filhos, razão maior de seu viver!

Mas não se perdeu em elocubrações,

Pois de sua fé vestida,

Arregaçou as mangas e, destemida,

Qual leoa defendendo seus filhotes,

Foi à luta (pois coragem foi seu dote)!

Pouco estudo e muita sabedoria,

Assim foi Maria Odila!

 Entre trabalho e orações,

Criou os oito filhos e, sem hesitações,

Transmitiu-lhes o valor da fé na prática do bem,

ensinando-os que mesmo tendo pouco, ainda assim,

Podemos dividir com aqueles que menos tem!

Ah! Minha mãezinha Maria Odila,

Quantas saudades meus irmãos e eu sentimos!

Quanta falta você nos faz!

Mas lá do Céu, temos certeza, com Deus e a Virgem Maria

Você está a nos olhar!

Então, Mãezinha querida, fique bem, fique em paz,

Pois o seu legado, cristão e amoroso,

Repercute em seus filhos qual um rio caudaloso

Gerando vida, enquanto caminha para o mar!

Maria Odila, mãe querida, fique em paz!

 

Com todo o amor, de seus filhos:

Clóvis, Cláudio, Claudete, Cleiri, Claudecir, Cléa, Claudinei

E Cleide (in memoriam), que certamente também estaria

Aqui conosco, aplaudindo-a na merecida homenagem!

 

14 de dezembro de 2016.

 

RESPEITE OS DIREITOS AUTORAIS


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!