Envelhecendo

Ciranda Poética "Envelhecendo", iniciada pelo poeta Azevedo, em março/2006, com a participação de 29 autores:

 

Azevedo / Gui / Olga Kapatti.K / Eme Paiva (trova) Olga Maria / coruja/SC / Raquel Caminha Matos / Bernardino Matos

Schyrlei Pinheiro / Sueli do Espírito Santo / Soniah Bargh / ISRAEL / Natália Vale / Portugal / Vyrena / Loussa / Marcial Salaverry 

Mercília Rodrigues / Grace Spiller / Tere PenhabeSantos / José Carlos Barbato / Pinhal Dias / Amora-Portugal / Helô Abreu 

Jorge LinhaçaJoão Carlos (Rother) Theca Angel / Fernanda Pietra / *Shir/ ISRAEL / Emiele (poema) 

Grazi Henriques Ventura / Eme Paiva (poema) / Emiele (oração)

 

 

 

VIAGEM SEM VOLTA

Azevedo

 

Envelheçamos, rindo envelheçamos,

Por que a velhice é fim desta vida.

É uma viagem de onde não voltamos.

É uma viagem sem retorno, só tem ida.

 

Nessa passagem sem volta: que vai, vai;

Desejando não ver o fim deste caminho.

No percurso de criança, moço,... até pai,

Chega-se à velhice como a ave no ninho

Quase não pensamos, na época da mocidade,

No valor deste impressionante assunto.

 

Sempre imaginamos naquela idade,

Ser na velhice, gente... não defunto.

A doença, somente ela nos consome,

Neste perambular com tanta lida.

Onde velho deve sentir-se com nome:

Atingiremos o fim, sem temer a outra vida

 

 

 

OUTRA VISÃO DA VELHICE

Gui

 

envelhece meu corpo tropeçando 

pois a velhice a matéria vai minando

meu olhar é visão que já se estraga

mas o brilho, nos meus olhos, não apaga

 

 

 

OLGA KAPATTI.K

 

às vezes me pergunto o porquê:

__Minha alma continua intacta,

meu semblante ainda de menina

vê o tempo passar ,

deixando uma lágrima

parada no olhar!!

 

 

 

EME PAIVA

 

Trinta anos minh'alma tem

enquanto o corpo desmente!

Mas, quero viver, porém,

meus sonhos, intensamente!

 

 

 

 

OLGA MARIA - coruja-SC-13

Envelhecendo, sinto-me criança

Cirandando pelos mares da vida...

Vou girando, girando numa dança,

Em busca de uma nota perdida!

 

 

 

RAQUEL CAMINHA MATOS

 

Envelhecer com amor e harmonia

é refletir de Deus sua magnitude,

e mantê-la na leveza de uma sinfonia,

é conservar até o fim sua juventude.

 

 

 

BERNARDINO MATOS

 

A velhice não resulta do acúmulo de anos,

mas do cansaço de viver, da falta de renovação,

se nos cercamos de amarguras e de desenganos,

enchemos de rugas nossa alma e nosso coração.

 

 

 

ESPELHO MEU

Schyrlei Pinheiro

 

 

Hoje, calado,diante de mim,

falas a verdade; mostras, sem dó,

rugas, cabelos prateados,

olhos sem brilho, face desanimada,

marcada por lutas vencidas.

 

Triste, escorre a lágrima

da juventude perdida,

vendo, no aço do espelho, mirado,

a força que moveu montanhas,

ouvindo o eco da vitória conquistada,

pulsando amor, cheia de vida, à cores,

vibrando instantes inesquecíveis

escritos na historia,

que cresceu, amadureceu, criou asas

e tem o poder de voar além da imaginação,

sem fantasias, sem maquiagem,

espelhando o passado,

vendo o futuro, presente

nos sonhos realizados,

deixando exemplos vivos

aos espelhos dos olhos teus.

 

 

 

 

ENVELHECENTE

Sueli do Espírito Santo

 

 

Quem essa etapa atingiu

foi árvore, um dia floriu

as folhas foram renovadas

as visões transformadas

pelos anos já passados

na lembrança rememorados

sem mais falsas ilusões

viver a vida com mais razões

 

 

 

 

ENVELHECENDO

Soniah Bargh Israel

11/03/2006

 

 

Nada mais belo do que aceitar

O entardecer da vida.

 

Depende de como receber

Os cabelos a embranquecer,

As rugas a aparecer.

 

Sulcos no rosto a se formar,

Marcas dos caminhos ja percorridos

Contando a história dos momentos

Tristes e felizes, mas vividos

com sabedoria.

 

Cada etapa tem sua beleza.

Nao importa se os movimentos

Tornam-se mais lentos

Se a memória as vezes falha

Porém a tranquilidade da expressão,

O brilho dos olhos

E a força do amor

Não mudaram,

Mais fortes ficaram.

 

 

 

 

REFLECTINDO NO ESPELHO

Natália Vale(Portugal)

13.03.2006

 

 

Olhei calmamente,

Aquela imagem serena,

No espelho reflectida,

Sem saber o que buscava:

A esperança do rejuvenescimento, 

Ou apenas as réstias da vida,

No fatal envelhecimento?

 

...Que procuraria?

Sinais do tempo passado,

Depois de alguém me ter chamado,

Ali vai "uma velhota" - mas que utopia!

Sinais que estavam presentes

Nos meus olhos enrugados,

E ainda mais patentes,

Nos lábios finos e mirrados.

 

Não senti qualquer desgosto,

Ao confrontar aquela imagem:

Não era uma miragem,

Era eu - envelhecida,

Pela passagem da vida,

Que bem soube aproveitar.

 

 

Nasci, cresci, amei, vivi,

Foi o ciclo natural,

Para chegar ao envelhecer,

Algo que me não deixa mal,

Espero o dia final,

De um dia deixar de "ser"

Uma "velhota" embranquecida,

Marcada pela vida.

 

 

 

 

ENVELHECER

Vyrena

 

 

Envelhecer é chegar

Vitorioso ao outono da vida.

Não significa deixar de viver,

Ou de amar.

Não quer dizer desistência,

É um viver Mais intenso,

Repleto de experiências.

 

Envelhecer

É crescer em conhecimento,

Em perdão

E entendimento.

É valorizar as conquistas

É esquecer as derrotas

E os fracassos

Perdidos no tempo.

 

Envelhecer

É esquecer as mágoas

Sofridas,

É perdoar as ofensas.

É valorizar mais a vida.

 

Envelhecer

Não é estagnar-se.

É preciso seguir andando,

Não ancorar na saudade

Do que para trás se deixou.

 

Envelhecer

É satisfazer a vontade,

Realizar sonhos atrasados.

É fazer valer os direitos,

É andar a passos mais lentos

Na busca da felicidade

 

 

 

 

ENVELHECIMENTO

Loussa

 

 

O organismo desgasta-se,

soma de desgaste desestabiliza o organismo,

altera as funções biológicas, psicológicas e sociais.

Erros alimentares,

erros de tratamentos,

distúrbios.

 

Radicais livres provocam infecções,

radiações,

Juntos, aceleram perda de imunidade;

tecidos e células degeneram

pouca resistência.

 

Aqui estou. Velho.

 

 

 

 

O QUE SÃO OS ANOS?

Marcial Salaverry

 

 

Com o passar dos anos,

o físico envelhece,

mas a alma se rejuvenesce...

 

Os anos, são ledos enganos,

quando a juventude interior permanece,

e a capacidade de amar mais e mais cresce...

 

Depois dos filhos criados,

surgem os netos procriados...

 

É mais amor a buscar no coração...

Mas aumenta ainda mais a emoção,

quando tudo recomeça,

e surge um bisneto no pedaço...

 

Que venha mais um ano,

e que venham outros mais...

 

 

 

 

 

CORRE O TEMPO

Mercília Rodrigues

 

 

Corre o tempo a galope, ligeiro ,

dando asas ao meu pensamento ...

relembro o encontro primeiro .

Foi amor desde aquele momento !

 

No colo da noite eu amei .

Com os beijos da lua vivi .

Minha história de vida levei

o amor de que não esqueci !

 

Somem anos de noites e luas .

Lá no tempo ficou retratada

a beleza terna só tua ,

que a tem, a seu modo,

guardada !

 

Em neve se tingem os cabelos ...

Do olhar o mesmo brilho e ... cor .

Sua ternura, seu riso, seus zelos

revelam quanto dura o amor !

 

mercilia.rodrigues@terra.com.br

 

 

 

 

O ESPÍRITO NÃO ENVELHECE!

Grace Spiller

 

 

Nasci, cresci, trabalhei, me casei e pari três filhos.

A árvore que plantei ainda rende belos frutos

e boa sombra.

O livro não publicado está registrado

na memória já falha

nos vincos do meu rosto.

Mas isso não me abala,

pois minha essência ainda vibra

ao canto alegre do bem-te-vi

e ao leve sopro da brisa...

Meu coração-menino bate mais forte e canta feliz
ao ouvir as gotas da chuva batendo no telhado

e sentir o carinho da amizade - distante

ou ao meu lado...

Minha porção feminina - sonhadora

e romântica,

prenhe das sementes do poema

dá à luz versos perfumados,

que me fazem mais cheirosa,

mais vibrante e amorosa!

Assim,

espanto a velhice do espírito,

renovando-me a cada dia,

desabrochando qual uma rosa!

 

 

 

 

 

ENVELHECENDO...

Tere Penhabe

Santos, 13.03.2006

 

 

Conivente com o espelho,

sem mágoas

sem revoltas inúteis

e viagens pra Passárgada

que o rei não está só lá,

está também aqui

foi Ele quem me ensinou

a envelhecer feliz!

 

 

 

 

ENVELHECENDO

José Carlos Barbato

 

 

A vida passa, e em um olhar...

você descobre o amor...

pela vida,

em viver plenamente e

que a cada dia que passa

você tem uma experiência

que semeou

vamos rápido começar a viver e

passar esta experiência aos mais jovens

vem quero aprender

vem quero ensinar

quero esta troca

com a feliz idade

vamos o amor não pode esperar

tenho que viver cada minuto

com sabedoria do envelhecer !

13-03-2006

 

 

 

 

"ENVELHECIMENTO COMO NUVEM PASSAGEIRA"

Pinhal Dias Amora - Portugal

 

 

Sentir o meu corpo abalado

Pois não vou ficar calado!

Vistosa beleza que une as rugas. 

Soletrei vários encontros

Encontros de muitas fugas...

 

Quando escrevo no papel

Estarei sempre a recordar.

Que um dia hei-de voltar!

Ter um novo karma a decifrar

P'la vida sempre amar!

Ao envelhecimento

Como nuvem passageira.

 

 

 

 

OUTONO DA VIDA

Helô Abreu

 

 

Envelhecer..não

Como as estações do ano

Entramos no outono

onde calamos as inutilidades

e tagarelamos as verdades

Outono não têm de ser tristeza

mas balanço tranqüilo da consciência

 

Outono: próximo está o fim da vertigem

quando nós caminhantes à beira do caminho

olhando para trás

avaliamos o percurso andado

nos orgulhamos de como foi aproveitado

A primavera foi o orgasmo da seiva

a loucura desvairada

estouro da vida à flor da pele

O verão a consagração

o pleno cantar dos frutos

Em sublime elevação

No outono porém

os campos se cobrem de ouro

ao longo do caminho

como a neve que começa

a cobrir nossas cabeças

O vento então doce

murmura sinfonias

aos ouvidos atentos de nós

que cumprimos nossos deveres

Agora é hora de aproveitarmos

e dos nossos troncos curtidos

hinos de louvor cantarmos...

 

 

 

 

OUTONO DA VIDA

Jorge Linhaça

 

 

Correm os anos inclementes

deixando marcas no coração

horas tristes e sorridentes

reverberando a minha emoção

 

Os anos que marcam a face

em rugas de um muito viver

amores loucos em entrelaces

paixões vividas a não mais poder

 

E no outono desta minha vida

os frutos vou colhendo enfim

Na esperança do amor revivida

em uma doce musa amada por mim

 

 

 

 

 

DESCOBERTA

João Carlos (Rother)

 

 

Como pude acreditar

Que poderia

Nunca mais o amor despertar?

Que meu tempo tinha passado,

Que não sou mais o que fui,

Porque a vida

Com os sinais do tempo

Me marcou?

Mas a loucura dos sentidos.

Diz que é bom recomeçar.

Que o amor é eterno,

Que devo voltar acreditar

Para poder sonhar,

Com um amor eterno

Voltar a fantasiar.

Meu tempo começa agora

E volto a desejar,

A querer sentir novamente

O amor que em mim existe.

E poder sonhar em ser feliz!

Meu amor não morrerá!

Adormecerá

E comigo despertará,

Para em mim ficar gravado,

Fazendo parte do meu viver!

Da felicidade de poder amar!

 

 

 

 

O TEMPO PASSANDO

Theca Angel

 

 

 

Olha pela janela...

É o tempo que está passando

Ele vai espalhando sonhos

Deixando lembranças

Visões que vão ficando

Vivências que a vida trança!

Reparas quanto é inclemente esse tempo que passa...

Nem nos olha, segue em frente,

Sem reparar que num repente

Tantos castelos desmorona...

E sem tropeçar, ele avança!

Tece recordações,

marca as faces, com finas rugas,

desmente que passa sem crueldade

Nos peitos resta saudade...

Nos olhos, esquece imagens...

Leva consigo esperanças!

 

 

 

 

CADA DIA, ENVELHECEMOS!

Fernanda Pietra

 

 

Envelhecer, verbo mais constante,

Às vezes cortantes em nossa existência,

Sempre marcada pela ação do tempo

Tempo presente, que numa fagulha se esvai 

Tornando-se passado.

Envelhecemos, a cada instante 

Ganhamos a experiência que a vida nos dá

Temos mais fé, que somos capazes

Temos chance de viver um instante a mais

Reclamamos que envelhecemos,

Mas é sinal de vida.

 

Aquele que não envelhece, já partiu

E não teve a chance de viver esse processo

Não são nossas rugas, seu sinal 

São nossas atitudes.

Envelhecer... 

Envelhece-se a maneira de agir, por não ser impetuosa

E não machucar-se em demasia.

O bom de tudo 

É saber viver

Para saber envelhecer.

 

 

 

 

*SHIR

 

 

Embora o tempo passe e me entardeça a vida,

cenas tristes, ora tão felizes, vem à minha lembrança,

mas nunca dou-me por vencida e sigo a minha andança .

 

Embora seja em breve envelhecida

e pare o tempo com minha partida,

sinto-me ainda ser uma criança.

 

Hazorea.il,14/03/2006

 

 

 

 

SONHO DUM ENVELHECER

*Emiele*

 

 

Ah, estes cabelos brancos

que na juventude, enamorada,

deitado no meu colo, eu alisava. . .

E enquanto os dedos iam e vinham

fazendo carícias, pensava

que um dia brancos ficariam

e junto a ti , ficar também velhinha

era tudo que eu mais queria.

E hoje, não te vejo grisalho ficar. . .

Meu querido, onde estás?

Em que estrada andas a trafegar?

Perdestes o caminho de volta?

Deixaste-me quase enlouquecida!

E segues também sozinho pela vida.

...

Mudanças bruscas ocorreram

no teu jeito sentir e ser,

e eu que fui um dia a amada tua,

com a emoção fragilizada

vivo fases como a lua...

Nutro ainda grande amor por ti,

Por ti que deixou há muito de existir!

E o sonho de juntos envelhecermos,

andar de mãos dadas pela rua

ficou amordaçado no passado...

Quantas marcas tatuadas pela dor!

Meu olhar tornou-se mais triste

mas meu jeito de sentir

e de gostar, ainda persiste,

pois desconheço o desamor.

Quero amar e ser amada!

Busco outro bem-querer

para feliz e enamorada,

ver chegar outras primaveras

e voltar a sonhar...

Meu sonho de envelhecer!

 

Belo Horizonte, 26/01/2004 -0:54hs.

*Direitos Autorais Reservados.

 

 

 

 

VIDA NA TERCEIRA IDADE

Grazi Henriques Ventura

 

 

Vamos viver a terceira idade,

Com alegria e liberdade,

Mas com moderação.

 

Vamos desfrutar a felicidade,

Que hoje a nossa idade,

Nos dá a permissão.

 

Não é preciso ter preconceito,

Hoje nós temos direito,

À vida e a diversão.

 

Se conseguirmos dar nosso recado,

Sem magoar o amigo ao lado,

A vida não foi em vão.

 

Mas é preciso ter muito cuidado,

Em não ferir quem está ao seu lado,

E ter a paz no coração!

P'ra renascer!!!

 

(Grazi 12-6-2003)

 

 

 

 

ENVELHECENDO

Eme Paiva

 

 

Andamos pelo tempo

largando sentimentos extremos,

conceitos distorcidos

e aportamos nesse tempo de agora

com luzes no íntimo a nos brindar,

a iluminar nossos pensamentos e passear

tais luzes de brandura e amadurecimento,

por tudo e por todas as criaturas!

 

Sentimo-nos quais flores

perduradas em frescor e perfume,

porque em nosso íntimo a mesma chama vibra

como vibrava aos trinta.

Há em nosso rosto as marcas do riso que rimos,

dos sonhos que sonhamos,

dos ideais que ainda acalentamos,

e dos que já realizamos...

Flores pacificadas...

 

Somos as vanguardeiras das atuais

valorosas mulheres guerreiras,

com suas múltiplas tarefas,

mudança cuja combate

legamos a elas por ideais de conquistas.

 

Chegamos à maturidade,

no auge do movimento feminista.

Foram árduas lutas, (algumas ainda por ganhar)

e algumas vitórias, a custo:

O revelar da capacidade intelectiva,

o desabrochar das sementes dormentes

na alma feminina

trazendo à luz a fragilidade do "sexo forte,"

(esses nossos queridos)

que, meigamente, apaziguamos em seu susto.

Árvores que já demos frutos,

mas continuamos florindo.

Nossos braços já embalaram ao acalanto,

mas, guardam doce alento,

aos filhos dos nossos filhos...

e, nossa alma continua a cantar outros cantos...

Em nosso colo o agasalho do carinho...

Em nossa hígida cabeça a tranquila consciência

do que somos e renovados ideais a alcançar

pois nossas pernas ainda não guardam cansaço

e nossos pés acalentam

os sonhos de chegar.

 

 

 

PEDINDO LONGEVIDADE

*Emiele*

 

 

Senhor, Deus do Universo e Criador de todas as coisas.

Dá-me sabedoria e compreensão para entender

que tenho apenas cada dia para viver.

Dá-me discernimento e intuição para escolher

o que há de melhor e necessário, num mundo cheio

de tentações de consumo, para preservar a Vida

que me destes.

 

Dai-me comedimento.

Que eu não exceda no prazer momentâneo... 

Que saiba dosar de tudo um pouco

e nisto encontrar alegria e prazer.

 

Reconhecendo seres dono de cada instante

de nossa Vida,

e que, nem dona sou deste instante em que te falo,

peço-Te que prolongue a minha Vida para que eu

tenha tempo de aparar minhas arestas,

polir o diamante que colocastes em minhas mãos,

e enquanto isto, buscar a cada dia

meu aperfeiçoamento espiritual.

 

Se me faltar a saúde, prepare-me

com paz e humildade

para aceitar teus desígnios e, conduza-me,

abrindo todos os caminhos para obter

o médico e remédio certo para a cura.

 

Oh, Senhor, dá-me como prêmio a longevidade,

pois poucos são os escolhidos.

Sei que não é muito pedir pois és dono

do Tempo e da Vida.

E o que são Tempo e Vida para Ti senão

um piscar de olhos e um pulsar do coração?

Dá-me então milhares de piscar de olhos

e pulsar de coração.

 

Reconheço Tua grandiosa misericórdia para comigo

até o presente instante, e sou grata por tudo!

Que eu continue merecendo Tua divina proteção

até o fim de meus dias. Amém!

 

Belo Horizonte, 14 de novembro de 2003 - 6:15 horas.

Acabo de acordar e sentada na cama converso com Deus assim...

 

 

RESPEITE OS DIREITOS AUTORAIS

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!